segunda-feira, 18 de maio de 2009

LÁPIS

O escritor tem dois caminhos a seguir: escrever sobre o que as coisas foram e escrever sobre o que as coisas não foram. Mas há escritores, quase sempre os melhores, que desbravam um terceiro caminho: sobre o que as coisas poderiam ter sido.

Nenhum comentário:

Postar um comentário