domingo, 17 de maio de 2009

PENSEPENSE

O escritor apressado morre cru.

Nenhum comentário:

Postar um comentário