quinta-feira, 25 de junho de 2009

INVENCIBLE


Brilhar no céu
E na Terra,

Deixar um rastro
De lembrança
Pelo que fizestes
De ternura
Pelo que deixastes
O que é o tempo
Para os que conhecem
A magia
De ludibriar a razão

Do corpo fizestes poesia
E da voz, encanto e sedução
Promovestes o delírio
Renovastes o sonho
O fim de uma era
É o que significa
A partir de hoje
Esta data
Agora um novo horizonte
Abre-se diante de teus olhos
Um caminho
Que você acreditou
Jamais existisse
O show não termina
A melodia não cessa
O sonho não se desfaz
Os grandes não morrem
Eles se abdicam
E se transformam

Porque um dia, talvez
Ressurjas como antes
E como antes
Tragas sua caixa de sonhos
Menino ousado que viestes
Anjo sem asas
Como voltastes
Michael

Um comentário:

  1. Querido Jota,
    Saudade de você menino!

    Agradeço de coração sua visita e seu seguimento ao blog “CelyLua”, muito obrigada!
    Adorei sua brilhante homenagem ao Michael, parabéns!!
    Tua inspiração é divina...
    Você é um Escritor Maravilhoso!
    Aplausos!!!
    Deus te abençoe meu anjo.
    Beijos de paz.
    Com apreço,
    CelyLua, Amiga e fã da sua doce inspiração...

    Muito obrigada!

    ResponderExcluir