quarta-feira, 4 de novembro de 2009

A QUEM INTERESSAR POSSA... OU NÃO.


J. Costa Jr., é como assina seus trabalhos literários e jornalísticos o escritor e cronista rio-clarense Geraldo José Costa Junior, nascido aos 10 de fevereiro de 1969, filho de Geraldo José Costa e Alzira Pignatti Costa. O escritor se define homem de pensamento livre, apolítico, e um apaixonado pela natureza. Oriundo de família católica, aos 17 anos conheceu a doutrina espírita kardecista com a qual se identificou e, segundo ele, tem sido através dos anos o apoio fundamental de que necessita para continuar a viver e trabalhar. Considera-se um eterno aprendiz. Pessoa reservada, possui poucos amigos, mas tem apreço por todos eles. Já foi casado e tem uma filha de 12 anos, chamada Viviane. A outra, Aline, faleceu aos 4 meses de idade.

O escritor teve vários artigos e crônicas publicados na imprensa de Rio Claro/SP, nos jornais CIDADE e DIÁRIO DO RIO CLARO no período de Setembro/2004 a Abril/2009 e O JORNAL atualmente.

Foi um dos redatores do mensário O BETA, publicação de cultura e entretenimento que circulou em Rio Claro entre 2006 e 2007.

Como jornalista free-lance fez entrevistas com os renomados artistas plásticos Camilo Riani e Ronaldo Ciribelli para a revista JC MAGAZINE (edições 7 e 8), publicada semestralmente pelo Jornal CIDADE de Rio Claro.

Mantém dois websites na Internet:

PASSA RÉGUA (http://www.passaaregua.blogspot.com) e AUTOR VIRTUAL (http://www.jcostajr.blogspot.com)

No Youtube, teve seus poemas Os Lados da Moeda e Toda Vez que Você se Vai, editado por Adriana Lima, e que podem ser conferidos nos links: http://www.youtube.com/watch?v=JD4HfwN2J9g e http://www.youtube.com/watch?v=HBqGIEQE2V8

Tem vários textos publicados no site www.autores.com.br, onde figura entre os autores mais lidos.

Ao lado de personalidades do meio literário e político nacional como Paulo Coelho, Cristovam Buarque e Lair Ribeiro é colunista do site do JORNAL RIO CLARO (www.jornalrioclaro.com.br), publicação da Empresa Jornalística R. Miranda S/C Ltda. e editado pelo jornalista Favari Filho.

Com o conto Mande Lembranças para Maxwell integra a coletânea do Prêmio Literário João Simões Lopes Neto/2005, promovido pela Secretaria Municipal da Cultura de Pelotas/RS.

Em 2007 representou Rio Claro, no Mapa Cultural Paulista, categoria literatura conto.

É autor de sete romances, ainda inéditos:
Sessão da Tarde,
As Reconstruções de Tômaz,
Cerimônia,
Sob o manto da noite,
As Páginas Primeiras,
Além daquelas árvores,
O Intermediário

E trabalha atualmente na preparação de um novo romance Verão se Despede.

No gênero poesia publicou em 2006 Diante do Portão do Éden, pelas Edições 100, selo alternativo do poeta e artista multimídia rio-clarense José Roberto Sechi.

Também escreveu "Caixa de Ferramentas", série de speedscript's.

Finalizou recentemente Conteúdo Zero, Zero ao Quadrado e Zero Absoluto trilogia de textos em prosa e poema escritos durante 2008.

Escreveu vários poemas que compõe Cinzas ao Vento.

É também autor de vários contos, alguns aqui publicados, e que fazem parte de Bloco de Notas, coletânea de contos do escritor.

Também é colaborador do JORNAL AQUARIUS editado pelo escritor e produtor cultural rio-clarense Mauricio Beraldo.

Colabora ainda com a REVISTA DO CINEMA CAIPIRA E DO INTERIOR PAULISTA, editada pela poeta Fernanda Tosini e João Paulo Miranda Maria, cineasta vencedor em 2009 do Prêmio Screening Room's Mobile Phone Movie Competition/2009, promovido pela CNN (Cable News Network) com o filme A Girl and a Gun (Uma garota e uma arma)

Para 2010, está previsto o lançamento da novela As Páginas Primeiras de sua autoria pela editora 24x7.

Texto de Tômaz Adler (Publicado também no Perfil do escritor no site Autores.com.br).

Um comentário: