domingo, 10 de janeiro de 2010

ALMA ERRANTE


O amor inspira poetas. E os poetas inspiram a humanidade. E a humanidade não percebe que as dores e os prazeres que causa e as sombras que provoca e a luz que derrama mundo a fora, é poesia.

Nenhum comentário:

Postar um comentário