domingo, 18 de abril de 2010

GRUPO AUÊ DE CULTURA E ARTES APAGA A 1ª. VELINHA

Era por volta de 22h45 há exatamente um ano que o artista performático Thiago Buoro despiu-se de suas vestes para cobrir-se com folhas de alface. Nada demais se o local escolhido para a ousadia – ultraje na visão conservadora de alguns – não fosse um clube de pessoas da melhor Idade, durante evento cultural e artístico que reuniu representantes da Literatura, Artes Cênicas e Visuais, Teatro, Dança e Música de Rio Claro e região.

Esse evento denominado Olha o Auê aí ó! teve o apoio da Prefeitura Municipal, através das Secretarias de Cultura e Turismo, da Sociedade Veteranos de Rio Claro, da imprensa local, em especial o Jornal Cidade, o Jornal Regional e a TV Cidade Livre.

Participaram os cineastas João Paulo “Kino Olho” Miranda, Lourenço “Moto Perpétuo” Favari, Leticia “O Bilhete” Tonon. O músico Emilio Moreira e o Grupo Experimental Overdose Literária, os artistas performáticos, Roberto Sechi, Thiago Buoro e Sandra Bretas. As dançarinas Lara "Academia Napyév" Lazo e Sandra “Castanhola” Brás. Os escritores Jaime “Toque Rápido” Leitão, Sandra Baldessin, Fábio Riani "Binho" Perinotto, Favari “Ista” Filho, Anselmo L. C., J. Costa Jr., Ricardo Leão, Fábio Casemiro e Fernanda Tosin. A Cia. Incômodo de Teatro. E a atriz Michelle Dayane.
A artista Lilian Moreira e a Cia. Enyattos participariam do programa, mas, por motivos profissionais não puderam estar presentes.

Um público considerável e participativo acompanhou interessado três horas e meia de evento. E colaborou com um quilo de alimento não perecível cuja arrecadação foi entregue ao término do espetáculo aos representantes do Fundo Social de Solidariedade de Rio Claro.

Prestigiou também o evento a vice-prefeita de Rio Claro Sra. Olga Salomão, o diretor de cultura popular Sr. Luiz Carlos “Curinga” Rezende, o Secretário de Turismo Rene Neubauer e o Programa Liquidificador da TV Cidade Livre, além de jornalistas e autoridades.

O Grupo Auê prestou especial homenagem com outorga de honra ao mérito ao artista plástico Lacerda como forma de reconhecimento ao seu trabalho.

Pode-se afirmar que esta é a certidão de nascimento do Grupo Auê de Cultura e Artes. E seus genitores: Favari Filho, Ricardo Leão, Lourenço Favari, Anselmo Ceregatto, José Roberto Sechi e este J. Costa Jr. que vos escreve, finado leitor.

O Manifesto Auê, escrito por Ricardo Leão bem demonstra as duas principais características desse menino de nome indígena que hoje completa o seu primeiro aniversário: a ousadia e a ambição.

Em um ano, nenhum recurso, e muita vontade e improviso o Grupo já conseguiu por a mão na massa conforme descreve o relatório de atividades de sua diretoria:

1) Evento Overdose Literária, realizado na MicroGalery Sechisland e na I.U.N.A;

2) Produção do Curta-Metragem Moto Perpétuo de Lourenço Favari adaptação do texto teatral homônimo do dramaturgo Fausto Brunini;

3) Produção do Curta-Metragem ISTA;

4) Evento Sarau Literário Artístico “Olha o Auê aí ó” em abril na Sociedade Beneficente Cultural Dançante Veteranos de Rio Claro que teve apresentação de teatro, performance, literatura, música, dança, cinema e vídeo.

5) Publicações eventuais de artigos literários e de opinião na imprensa de Rio Claro;

6) Oficina teatral no Centro Cultural;

7) Publicação de Informativo em homenagem ao pesquisador Paulo Rodrigues, falecido;

8) Co-Produção do Festival Rock Feminino e organização das Mostras de Cinema, Teatro, Artes Plásticas que integram o calendário de comemorações da Semana da Mulher.

9) Lançamento do livro Poesia Eletrônica – Negociações com processos digitais de Jorge Luiz Antonio, pesquisador escritor, poeta e Doutor em Letras pela Unicamp.

Em próxima postagem estaremos informando sobre o Plano de Diretrizes estabelecido pela diretoria para 2010.

E como o Grupo Auê tem por princípio fazer primeiro para que os outros possam falar depois, isso é só o começo. Os que acreditam que a cultura e a educação podem ser caminhos para o aperfeiçoamento moral e intelectual do ser humano, juntem-se a nós.



Nenhum comentário:

Postar um comentário