sexta-feira, 4 de fevereiro de 2011

ALL MY COLOURS

Entre dois caminhos você escolhe
Tão certo quanto saber
Que qualquer um deles
O levará a um destino
É a certeza de que
Se olhar para trás
Você morre
Porque o inimigo
Está a sua frente
E sem que você perceba
Ele o faz acreditar
Que tudo de bom virá amanhã
De que o hoje é apenas
Preparação
De que a dúvida
Faz parte do jogo
E lhe diz que se hoje
Você não plantar
Amanhã você não come
Mas ele não sabe da sua fome
O seu desejo de viver de hoje
Porque a vida você sabe
Já não está no passado
Jamais estará no futuro
Ela é o presente
Porque é onde acontece
A vida
Essa coisa que lhe querem
Fazer acreditar que não importa
Que é um vôo às cegas, sem asas
Perda de tempo
Nada com que se preocupar
A vida, de carne e osso, e de plástico
Que resiste ao tempo
E se molda à sua vontade
Que o faz atravessar paredes
E alçar vôos infinitos
Porque sabe que somente entre as nuvens
Você pode compreender
A dimensão diminuta do tempo
Teu carrasco
Que posto o machado em teu pescoço
Sorri
Porque sabe que você nada pode
Enquanto não puder enxergar
O caminho sem volta à sua frente
Então respire a melodia
Absorva o som
Exale a poesia
Que desde o primeiro choro
Com lágrimas você escreveu
Caminhe, escolha, o teu caminho
Sem olhar para trás
O inimigo está à sua frente
Pronto para ser vencido
Use a sua espada
Que se chama amor
E atravesse o inimigo
Que se chama solidão, egoísmo, orgulho.
Faça logo antes que a noite venha
E traga consigo todos os medos
Incertezas e dúvidas
Que nos seus momentos de descrença
Correm para lhe abraçar
Seja forte
Resista ao vento
Firme os pés no chão
E se não puder suportar
A rajada de vento e a tempestade
Busque abrigo no ombro amigo
Que está sempre a tua espera
Jesus.

Nenhum comentário:

Postar um comentário