sábado, 18 de junho de 2011

Unknown Pleasures, Mr Hook

O capitão Hook aterrissou em Sampa e fez a platéia delirar. Do que estou falando, pirralhos? Bem, de um sujeito, hoje com 55 anos, mas, com cara de 60 (como todo bom roqueiro) que fez parte de uma das melhores bandas pós punk surgida até o momento. O baixista Hook virou também vocalista e, segundo Thales de Menezes do jornal Folha de S. Paulo, ele mandou bem. Foi o primeiro de dois shows que Peter Hook, ex-baixista da Banda Joy Division que depois virou New Order, fará em São Paulo, na Estúdio Emme. O primeiro foi na sexta, 17, e o segundo acontece na madrugada de hoje para amanhã. No repertório, as músicas de Unknown Pleasures (1979) o primeiro disco do JD, produzido pela gravadora independente Factory de Martin Hannett, responsável pelo ar sombrio e visual meio germânico anos 1930 da banda de Manchester, Inglaterra, e que durou pouco (1979-1980), gravou apenas dois discos (Substance é o outro), mas escreveu uma página à parte na histórica do rock.
 Vale a pena pegar a lata velha ou o cavalinho envenenado e dar uma esticada até a gélida terra do faroeste contemporâneo, ex-terra da garoa, hoje terra do pó, apesar das ruas asfaltadas e da selva de concreto.
Falando um pouco mais sobre Hook, ele era, digamos, o bom moço do JD. Ian era o maluco talentoso, tanto que acabou seus dias pendurado pelo pescoço numa corda, aos 23 anos, em maio de 1980. Bernard Summer tocou a coisa adiante, com Hook e o baterista mais doido ainda, Stephen Morris, e o que sobrou da JD virou New Order. E não é que os caras não decepcionaram. O Order invadiu as pistas de dança do mundo em meados dos 80 e início dos 90 com hits como Bizarre Love Triangle.
Bom, não vou ficar aqui torrando a paciência de ninguém me excitando à custa de reminiscências. Melhor é curtir o som dos caras, o que eu recomendo. Fica valendo e serve de consolo pra quem não pode ir até Sampa logo mais assistir ao show de Peter Hook.

Legendas das fotos:
1) Peter Hook na atualidade;
2) Banda Joy Division (Peter Hook é o segundo, a partir da direita);
3) Capa do disco Unknow Pleasures (Joy Division, 1979, Factory).


Nenhum comentário:

Postar um comentário