sexta-feira, 8 de julho de 2011

O CÃNCER DO MILÊNIO

"Toda vez que se come deste pão, toda vez que se bebe deste vinho..."

“Sob o pretexto de encurtar a distância entre os países e os povos, dinamizar o livre mercado, distribuir progresso e riqueza a globalização destrói as culturas na medida em que ao ocupar territórios dizimam os símbolos, as referências e as tradições dos povos locais. A riqueza de diversidade dos países, seus idiomas, costumes, crenças, filosofias e comportamentos, com o tempo tende a desaparecer. Seremos todos iguais, teremos todos a mesma cara, e pareceremos todos saídos do mesmo forno. Se isto é evolução, se trará felicidade é pergunta de difícil resposta que só o tempo trará no futuro. Se ele chegar”. – Geraldo J. Costa Jr.

Um comentário:

  1. Disseste bem, se ele chegar, e nos deixa entre curiosos e preocupados.
    Abraços.

    ResponderExcluir