terça-feira, 16 de agosto de 2011

TINTA FRESCA


"Um texto você escreve. E depois, lê e corrige, lê e corrige, lê e corrige... E publica-o. Ou não. Se publicar, ele será como um filho que você entrega ao mundo, sem jamais ter a certeza de que você fez por ele tudo o que podia e do melhor modo que podia. Sua única certeza é jamais esperar por gratidão e reconhecimento. Isso poupa a sua mente e o seu coração, de terríveis decepções". - gjcjr.

2 comentários:

  1. Um texto depois de publicado não pertence mais só a quem deu-lhe vida mas a todos que por ali passarem e viverem.Parabéns

    ResponderExcluir
  2. Um texto se multiplica em vários, já que aqueles que o leem o transformam e são transformados por ele.

    Amei o texto!
    D+!

    Lara J. Lazo

    ResponderExcluir