domingo, 30 de outubro de 2011

PENSANDO LETRAS

À Literatura de ficção resta, a meu ver, o interesse pelos acontecimentos invisíveis, interiores, os visíveis, exteriores já são muito bem observados e retratados pelo cinema e pela televisão. Não me interessa mais escrever sobre o fato em si, mas porque ele ocorreu e o que poderá ocorrer a partir dele. Percebi isso ao escrever "Bem-Vindo ao Clube - A última jornada", que, ou será um divisor de águas em minha produção literária ou será o fim dela.

Um comentário:

  1. Certo. Que venha o divisor de águas? Quando será dado o acesso ao texto? Passei a régua. Mande a medida que eu devolvo no comentário.

    Abraços!

    ResponderExcluir