domingo, 11 de março de 2012

O DUELO

“Os homens liberais apreciam o duelo, ou seja, o inimigo, e dele sabem que precisam para provar, inclusive a si mesmos, sua força, habilidade e sabedoria. Os homens não liberais abominam o duelo, ou seja, o inimigo, porque o temem, porque nele reconhecem o seu possível algoz, e, portanto, preferem caminhar e liderar sozinhos, esquecendo-se que, impossibilitado do duelo, na falta do inimigo, o homem que se imagina vitorioso, derrota a si mesmo” – g.j.c.jr.

Nenhum comentário:

Postar um comentário