quinta-feira, 25 de julho de 2013

EM FASE DE REVISÃO E CORREÇÕES

 Essa é a parte mais chata do processo criativo, onde deve imperar a razão tão somente, sob pena de colocar a perder um trabalho de anos. Aqui só os verdadeiramente bons sobrevivem. É quando o sonho sai de cena para nunca mais voltar. Porque a única chance de um escritor ser realmente feliz em seu ofício é quando ele concebe a ideia e o sentimento em forma de palavra, é quando ele escreve o texto pela primeira vez. Depois, o tempo e a razão decidirá o destino do texto: ou ele vive ou ele morre.

Nenhum comentário:

Postar um comentário