sábado, 6 de fevereiro de 2016

A POLÊMICA EM TORNO DO LIVRO DE HITLER

Uma guerra, como a conhecemos hoje, só acontece devido a um conflito de interesses comerciais. A religião serve apenas como cortina de fumaça. Atualmente, há uma polêmica no meio editorial sobre a iniciativa de algumas editoras lançar o livro Mein Kampf (Minha Luta) de Adolf Hitler, que por sinal, este ano cai em domínio público e está há muito tempo disponível na internet. Algumas pessoas se posicionam contra e outras a favor. O caso já chegou ao Judiciário, onde o juiz Alberto Salomão Jr. (para quem sabe ler um pingo é letra) proibiu a comercialização do livro.
Foto ilustrativa - reprodução
O que me chama a atenção é o fato de que as pessoas que são contra a publicação e comercialização do livro, justificarem seu ponto de vista de maneira muito simples, como se apenas o livro e seu autor fossem responsáveis pelo surgimento do nazismo. Que Hitler tenha sido uma aberração não resta a menor dúvida. Mas debitar toda a tragédia única e exclusivamente na conta dele, me parece ingenuidade ou má intenção daqueles que tem o interesse de por a sujeira (tal como ela é) debaixo do tapete. Basta lembrar que o dinheiro que financiou o nazismo e seu projeto demoníaco foi oriundo em sua maior parte fora da Alemanha. Os mesmos que ganharam dinheiro para destruir a Alemanha e boa parte a parte da Europa, no período em que durou a guerra, também ganharam  para reconstruírem a Alemanha e boa parte da Europa a que me refiro. Aliás, eles continuam a fazer isso,  em outras partes do mundo, utilizando os mesmos procedimentos e agora outros parceiros (mais conhecido como idiotas úteis). Portanto, sejam honestos, os que são contra e os que são a favor a publicação do livro Mein Kampf, ao defenderem os seus argumentos. Digam também (se é que estudaram o bastante para isso) quem produziu Hitler e o nazismo e com quais interesses. Os líderes não surgem, eles são içados a essa condição, para representar uma ideia, para servirem de intermediários através dos quais determinados interesses serão atingidos, por um determinado período de tempo, em determinado lugar e em determinada época. Quem ganha com isso? Os homens donos de dinheiro cuja única finalidade na vida é lucrar, ou seja, ganhar ainda mais dinheiro, ao passo em que se divertem com a cara de todos nós: o gado ruminante.

Nenhum comentário:

Postar um comentário