quarta-feira, 24 de maio de 2017

18/5 - MÓRBIDA COINCIDÊNCIA



A molecada que escreve sobre o assunto na imprensa comeu bola em relação a essa triste coincidência. Aliás, a esse pessoal, pelo que se pode observar falta um pouco mais de interesse pela História, indispensável para a compreensão dos acontecimentos. Eu sei que demanda tempo e trabalho. Perdôo. Mas indo direto ao assunto, o mês de maio parece ter alguma desavença com o rock. Vamos aos fatos:
Curtis
18/5/1980, o jovem Ian Curtis, 24 anos, vocalista da banda inglesa Joy Division, enforca-se em sua residência, interrompendo deliberadamente aquela que poderia ter sido uma das mais bem sucedidas trajetórias da cena musical. Adiantando o calendário dos acontecimentos: 18/05/2017, Chris Cornell, 52 anos, vocalista da banda Soundgarden, uma das melhores da atualidade, enforca-se em sua residência, pondo fim a uma bem sucedida carreira. Curtis e Cornell, além das iniciais dos sobrenomes e das datas idênticas de seus falecimentos, nasceram no mês de Julho.
Cornell
O primeiro no dia 15, o segundo, no dia 20. Julho parece ser mesmo o mês das tragédias. Entretanto, interromper a vida continua sendo para alguns, a ilusão de se verem livres dos seus problemas. Quando, em verdade, ocorre exatamente o contrário. Do outro lado da vida, os problemas se agravam, ganham uma dimensão ainda maior e parecem ser – aí sim – insolucionáveis. Portanto, se essa idéia infeliz já lhe ocorreu, surge vez em quando, ou parece seduzi-lo, fuja dela, evite-a a todo custo. Dedique-se a algum trabalho, alguma atividade, ocupe seu tempo com coisa útil. Já diziam sabiamente as vovós: Mente vazia é oficina do diabo. Preenche o seu tempo, a sua mente, a sua vida com alguma coisa que lhe traga benefício. E tão bem se sentirá que, certamente, desejará compartilhar a proveitosa experiência com as demais pessoas. A humanidade agradece. – g.j.c.jr.

Nenhum comentário:

Postar um comentário