quarta-feira, 12 de julho de 2017

PONTO DE LUZ



Neste momento, em Rio Claro, mais um encantador de serpentes, diante dos meus olhos. Não me convence e não me comove. Palavras vãs, bonitas, e nada além. Palavras ao vento.  Mas, a maioria das pessoas, ainda insiste em acreditar que haja vitória nesta vida que venha de fora para dentro. Como se alguém ou algum poder miraculoso nos oferecesse de bandeja o que cabe somente a nós buscar e conquistar. Somente a nós, a cada um de nós. Alguns são mais capazes e outros menos capazes, isso diferencia vitoriosos de derrotados. Pode ser cruel, mas é a realidade. E a gente assimila a realidade ou passa a vida inteira brigando com ela, se machucando, sangrando até morrer. Sua vitória só virá de você mesmo.
Reprodução
E de ninguém mais. Mude sua postura, sua conduta perante a vida, mude seu pensamento, seu modo de agir. E mude para melhor, sempre. Encare-se no espelho, veja e admita o que está e o que está errado. O que está certo pode ser melhorado, e o que está errado, não presta, não merece, não deve fazer parte de sua vida, precisa ser jogado fora, antes que o destrua. Convença-se que felicidade é uma construção. E toda construção demanda trabalho, por vezes reforma, mas, inevitavelmente, suor e conhecimento, persistência, não no erro, mas no recomeçar, quantas vezes forem necessárias. Porque se você não iniciar, não refazer, não recomeçar, não concluir, nenhum outro neste mundo fará por você. Isto serve para a vida, hoje, servirá para a vida amanhã, e sempre. Refiro-me à esta vida. Sobre a vida que vem depois, não falo. Não por ora. Não adiantaria, uma vez que você ainda não se convenceu dela. Mas as ferramentas aí estão. Trabalhe. Ou fique parado e perca seu tempo. A escolha é sua. –g. j.c.jr.

Nenhum comentário:

Postar um comentário